Homem faz ex-mulher refém, tenta esfaquear PM e é morto a tiros

28 DEZ 2018
28 de Dezembro de 2018
Um homem que fez a ex-mulher refém morreu após tentar esfaquear um policial militar que tentava negociar a liberação da vítima, em Ilhéus, sul da Bahia. o Caso ocorreu na noite de quinta-feira (27), na casa da vítima. Conforme a polícia, o suspeito não aceitava o fim do relacionamento.

De acordo com a polícia, Juraci Vieira Souza Oliveira foi até a casa da ex-companheira, identificada como Eliana Santos Oliveira, no bairro Nossa Senhora da Vitória, zona sul da cidade, por volta das 19h, quando a encontrou com o atual companheiro dela, Patrick Luís da Hora Sá.

Com uma faca, o suspeito ameaçou matar a ex-mulher e depois se matar. Patrick tentou intervir e foi atingido por Juraci, mas, logo depois, conseguiu sair do apartamento e chamou a polícia.

De acordo com a PM, quando os policiais chegaram ao local o homem permanecia com a ex-mulher refém.

Durante as negociações, a vítima conseguir correr para um dos cômodos do apartamento, mas Juraci foi atrás. Foi quando os policiais conseguiram entrar no imóvel.

Ao perceber a aproximação dos militares, o suspeito, segundo a PM, tentou esfaquear um dos policiais e acabou baleado. Ele morreu no apartamento. O corpo dele foi levado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Ilhéus.

A ex-mulher de Juaraci, que teve um mal-estar após a ação, e o companheiro dela, que acabou ferido pelo suspeito, foram levados para o Hospital Costa do Cacau. Não há detalhes sobre o estado de saúde deles.

Voltar