Menu

PARENTES PROTESTAM CONTRA TRANSFERÊNCIA DE PRESOS DO SUL DA BAHIA PARA BARREIRAS

17 MAI 2018
17 de Maio de 2018
Familiares de detentos fizeram um protesto na tarde desta quarta-feira (16), em frente ao Fórum de Itabuna, contra a transferência de 91 sentenciados para a cidade de Barreiras, na região Oeste da Bahia.


De acordo com os manifestantes, as transferências foram feitas às escuras, numa atitude tomada pelos diretores dos presídios de Ilhéus e Itabuna, sem que eles tivessem tomado conhecimento.

Demonstraram revoltados contra o ato judicial, que segundo eles fere seus direitos constitucionais, e de igual modo, dos detentos, que ficaram distantes do convívio familiar, dificultando, assim, de sobremaneira as visitas permitidas pela lei. Mensagens de texto, fotos e vídeos da manifestação já circulam nas redes sociais em Barreiras.
A transferência atendeu determinação do Tribunal de Justiça da Bahia, que alega condições sub-humanas da unidade prisional de Itabuna, por causa da superlotação e ameaças de rebelião. Antes disso, os encarcerados cumpriam pena no presídio Ariston Cardoso em Ilhéus.

A promotora de Justiça de Barreiras, Rita de Cássia Cavalcanti moveu Ação Civil Pública que reprime a decisão de recambiá-los para a comarca de Barreiras que enfrenta problemas semelhantes ao do cárcere de Itabuna. Inclusive, a defensora pública solicita interdição parcial do Conjunto Penal alegando superlotação e carência de servidores. O presídio está com 432 homens e tem capacidade para 384 em Regime Fechado. Outro problema é que a ala de regime semiaberto ainda não pode ser utilizada por falta de grades nas janelas.

“É irresponsável que a corregedoria transfira uma facção inteira pra outra unidade prisional. Talvez uma medida intermediária seria dividir esses presos pra unidades mais próximas de Ilhéus”, afirmou a promotora.

Segundo ela, o ato da corregedoria viola os direitos dos presos, colocando eles a mais de mil quilômetros de suas famílias e dos seus advogados.

Fonte:Barreiras Notícias
Voltar