Menu

CODIGO TRIBUTARIO DE BARREIRAS É DEBATIDO EM AUDIENCIA PUBLICA NA CAMARA DE VEREADORES

16 ABR 2018
16 de Abril de 2018

A câmara de vereadores de barreiras, foi palco de audiência publica nesta segunda feira dia 16 para debater o polemico código tributário, representantes de algumas entidades e principalmente a comercial, estiveram presentes, o que não aconteceu com o povão, talvez pela questão do horário das 15 horas, fato que foi contestado por alguns presentes a sessão foi aberta pelo presidente da casa Gilson Rodrigues que  em seguida passou a palavra para o relator  da comissão de constituição e justiça Joao Felipe, o mesmo  desejou as boas vindas a todos e falou da importância da realização desta audiência publicam em seguida a palavra foi passada ao representante da prefeitura Dr. Bruno que foi sucinto em suas palavras dizendo apenas que as modificações serão feitas, mas que é preciso definir logo  no menor prazo de tempo possível, pois caso isso não seja realizado ainda este mês o código teria que sofrer mais modificações.

Andre Braga, presidente do CDL falou da importância do debate e disse que concorda que algumas coisas no código estavam defasadas, mas que a exorbitância na cobrança de algumas taxas tem deixado todos bastante preocupados  o mesmo contestou algumas modificações feitas após serem discutidas e acertadas com o  executivo. O vereador  Joao Felipe quis saber onde a sociedade iria ser prejudicada mas com muita categoria foi respondido a ele que quem deve saber são os próprios vereadores.

A palavra foi franqueada aos presentes que fizeram suas colocações e tiraram suas duvidas, outros quiseram mistura politica e o presidente Gilson  respondeu com ênfase, dizendo que não iria permitir que a audiência fosse transformada em ato politico pra ninguém.

Nesta terça feira a tarde os vereadores estarão  reunidos para fazerem uma auto avaliação da audiência publica e no próximo dia 19 voltam a se reunir, desta vez com as comissões e entidades representadas quando na oportunidade acredita-se que tudo será definido.

Reportagem: Ednilson Rodrigues

Voltar